A dificuldade de falar de si mesmo

No meu último artigo falei sobre a importância de ter um propósito para seu negócio.

Mas, com isso, tenho mais uma questão que acho relevante discutir com vocês: a dificuldade que temos de falar de nós mesmos e que se multiplica ao falarmos de nossos negócios.

Em agosto fui a uma reunião, uma pessoa me apresentaria seu serviço e sua proposta de parceria.  A pessoa levou quase 2 horas para me apresentar e mesmo assim ficaram lacunas, questões mal explicadas e saí de lá achando que perdi minha tarde.

Quanto tempo você tem para que um possível cliente entenda qual é o seu negócio e, qual o propósito da sua empresa? Minutos se você tiver a sorte de um bom primeiro impacto.

Eu esbarro constantemente na dificuldade de empreendedores e empresários de longa data me contarem o que é seu negócio, me contarem quem são como profissionais. Muitas das vezes a história fica longa, confusa e pontos importantes se perdem em divagações (e reparem: sou muito boa em divagações) que pouco acrescentam ao conteúdo que precisa ser mostrado.

Um profissional que tem dificuldade em dizer “eu sou bom”, “eu vou resolver seu problema”. Uma empresa que não sabe me responder porquê não comprar da concorrência ou que não sabe me dizer no que ela é melhor que a concorrência.

Qual é a nossa dificuldade de olharmos para nós e sabermos no que somos bons? Qual é a nossa dificuldade de falarmos de nossos negócios, de nossos sonhos e ambições?

Recebo diversas mensagens de pessoas que me pedem ajuda para entender o que fazer para melhorar os resultados de seus negócios.

Mas você entra no Facebook da pessoa e ela nem marcou o nome da empresa dela no perfil dela. Não tem uma menção da empresa dela nas redes sociais dela. Não digo que seu perfil tenha que virar um outdoor da sua empresa, mas falar dela também não dói.

Recebo mensagens de pessoas que precisam escrever um texto para o “Quem somos” do site. Você deve ser a melhor pessoa no universo para escrever o texto do seu “quem somos”. Ninguém melhor do que você para saber quem é você e, o que faz da sua empresa uma empresa especial.

Eu já não comprei de empresa que não gostei do texto do quem somos. O contrário já aconteceu também.

Uma das revoluções que o mercado de startups trouxe para o mercado foram as rodadas de apresentações de negócios. Você tem poucos minutos para dizer, qual é a sua empresa, o que ela faz e porque os investidores devem apostar no seu negócio. E pode ser a “rodada da sua vida”, sem chances de errar e fazer de novo, sem chance de explicar melhor, sem a mínima chance de ficar enrolando. E sim, você pode se queimar numa apresentação dessa por não saber exatamente isso: quem você é e porque eu deveria escolher a sua empresa.

E, quantas escolhas erradas você faz, por não saber quem você é ou o que sua empresa quer ser para seu cliente?

E depois que você descobrir quem você é, quem sua empresa é no mercado, a tarefa não acaba por aí:

Você ainda tem uma tarefa grande para fazer:

SUA EQUIPE PRECISA VIVER, RESPIRAR E TRANSPIRAR essa essência.

E sim, já vi isso na moça que serve café na cafeteria, já vi isso em gerentes, já vi isso em camareiras. Não há aqui a questão do cargo.

Sua empresa, como muitos de nossos mentores aqui no site cansam de dizer para nossos clientes, É UM SISTEMA.

E como todo sistema: entradas, processamentos e saídas precisam ser padronizados para gerar resultados consistentes. Nada adianta uma balconista simpática e um gerente grosseiro. Não tenha um motorista mal humorado e uma gerente simpática para resolver as crises que ele gera. Sua equipe deve viver a essência do seu propósito.

E digo: esse será um dos seus maiores desafios. E nós estamos aqui para te ajudar. Contem conosco.

Vamos marcar uma conversa? Entre em contato.

Avatar
Últimos posts por Carolina Figueiredo (exibir todos)

0 responses on "A dificuldade de falar de si mesmo"

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto executado por Carolina Figueiredo Marketing Digital ©. Todos os direitos reservados.
Scroll Up