#covid19 Como o operacional pode colaborar ativamente em ambiente entrópico

Está muito doloroso!”

Com no mínimo 80% de certeza, você ouviu ou vai ouvir isso de empresários, donos de negócios, da grande maioria de segmentos. É um curto e direto resumo do que estamos a verificar nestes últimos 15 dias, em função das decisões que precisam tomar, pela quarentena e o #fiqueemcasa necessário, como a melhor (até aqui) forma de prevenção de contágio e morte, pelo COVID19.

Tomemos como base a informação do EMPRESÔMETRO, para breve análise brasileira:

empresometro-empresas-natureza-brasil

Pode-se observar que 84% correspondem a quantidade de MPME.

E, são estas que, dada suas características, estão agora no MODO DE SOBREVIVÊNCIA: a demitir trabalhadores, a renegociar seus contratos de arrendamento, renegociação de prazos para honrar compromissos com fornecedores, em busca de empréstimos e formas de ajuda tributária, fiscal e trabalhista oferecidas pelos governos, arroxar como nunca o fluxo de caixa (aqui vale negociar com os fornecedores de energia e comunicação) e, na exploração de formas para aproveitar o que já investiram, até aqui.

Um cenário caótico e em acelerada entropia, sem dúvida!

#covid19 entropia senso sistêmico

Com toda certeza, estamos em ¨TAM BELLUM¨ (modo guerra).

Com o intuito de colaborar e, como comentei em janeiro, em nosso podcast MotivaSyn! TRENDS2020, trago humilde e sinceramente para você, dentro de meus conhecimentos e experiências,  minhas considerações, com foco no OPERACIONAL (*).

Entre estes investimentos já realizados e portanto disponíveis já, destaco aqueles que, uma vez adquiridos, passam a ter POTENCIAL DE APLICAÇÃO DE CURTO PRAZO e, que são diferente dos demais (reformas, adaptações e melhorias no ambiente físico;  aporte financeiro direto e indireto; entre outros) e de forma genérica denominei os quatro capitais de uma empresa, sempre a considerar este momento e, o pior cenário (pare, respire fundo 3X e, faça a sua lista):

CAPITAL HUMANO: pessoas que são fundamentais para a continuidade da empresa.

CAPITAL INTELECTUAL: o conhecimento adquirido e disponível das pessoas.

CAPITAL IMOBILIZADO: suprimentos, ferramentas, equipamentos e, meios de comunicação.

CAPITAL SUSTENTÁVEL: sua carteira de clientes, fornecedores, além do seu mercado tradicional e tudo que sua empresa produz de rejeitos.

Vamos aprofundar cada um deles.

CAPITAL HUMANO: Considere manter estes profissionais. Representam seu melhor investimento. Convoque-os e seja transparente, verdadeiro e realista. Mostre a eles que ¨estamos no mesmo barco, em pleno tsunami¨. Será necessário que passem a realizar atividades outras, além das que já dominam.

CAPITAL INTELECTUAL: Faça uma lista das habilidades e aptidões de cada um, inclusive a sua. Inclua também as que precisará, agora mais que nunca, tais como: Vender; Atender clientes; Uso de planilhas; Uso de ERP; Bom humor; Paciência; Resiliência; Falar com o público; Atender telefone; Embalar; Receber e entregar mercadorias; Organização; Controle; etc…

Com todos identificados – Pessoas X Habilidades – crie uma Matriz de Apoio. Afixe em local de passagem, para que cada um possa ¨bater os olhos¨ sempre que circularem. Isso reforça o compromisso e auxilia para que cada um possa orientar e ensinar àquele que está fora de sua ¨zona de conforto profissional¨. Aqui, é importante ressaltar que reuniões rápidas de 15 a 20 minutos no máximo, devem ocorrer no início e ao chegarem ao final do horário combinado de trabalho. Vai ser necessário que haja um reajuste combinado deste momentâneo horário de expediente, dada a gravidade. Um debate aberto com todos, para identificar e harmonizar a questão das presenças com as demandas de clientes, é importante. Lembre-se que estamos a buscar gerar receitas.

CAPITAL IMOBILIZADO: Faça um levantamento/lista de todas as FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS. O ideal é que todos estejam ¨prontos para uso¨. Caso encontre algum que necessite de manutenção, identifique-os e separe-os. O momento não requer despesas para colocar de volta em uso. Além disso, para cada um deles, descreva em qual ou quais aplicações são usados. Por exemplo: ESCOVA = lavar alimentos antes de cortar; limpar os produtos que saem do estoque … MEIOS DE COMUNICAÇÃO: use e abuse. Considere que é importante contribuir com seus profissionais para que possam usar seus celulares. Aqui, vale uma conversa. Um compromisso de ajudá-los na conta, após a passagem da tempestade, é importante, caso ainda não esteja a bancar.

Com os SUPRIMENTOS E PRODUTOS ACABADOS disponíveis em estoque, identifique por meio de Classificação ABC, quais são aqueles de maior consumo. Deixe-os reservados e identificados, de acordo com a classificação. Use código de cores nas prateleiras para isso. Informe a todo o time sobre o saldo, todos os dias, na reunião de fechamento. Considere aqueles que possuem prazo de validade e faça com que sejam utilizados/consumidos antes de vencerem.

CAPITAL SUSTENTÁVEL: aqui entra mais um desafio e, dos bons! Vou separar, para melhor compreensão.

  • MERCADO: incluí clientes e fornecedores. E cada um com suas características. E dentro de cada um, aqueles individuais, com seus particulares. Precisam ser identificados e listados. Ações são necessárias. Procure identificar quais são ¨Classe A, B e C¨.  Defina abordagens para cada classe. Crie uma lista de ações de contato, considerando ofertas e promoções para cada classe de clientes. Idem para fornecedores, considerando a situação atual de cada um deles; definição de quantidades X prazos de entrega e pagamento, além de formas de pagamento. Lembre-se de que seus fornecedores também estão na mesma guerra!!
  • OUTROS MERCADOS: vamos considerar aqui o famoso ditado ¨quem não arrisca, não petisca¨. Percorra à pé sua redondeza, digamos, num raio de 500 metros. Leve junto outro profissional. Identifiquem outras empresas, seu segmento de negócio, localização. Identifique também as moradias (casa, edifício, vila, condomínio). Registre estas informações, seja em uma folha de papel, seu gravador de áudio do celular, bem como tire fotos dos principais. Em cerca de dois a três dias e com duas horas, acredito que fará um mapa bem rico e interessante.
  • NOVAS EMPRESAS: com esta relação, identifique aquelas em que poderá ocorrer oportunidade de CO-CRIAR. Você pode se tornar cliente e/ou fornecedor de algo que produz. Poderá também, oferecer-se para entregar ou coletar para eles. Busque compreender o negócio dele e como agregar o que possui, para construir oportunidades a ambos. Sempre há alguma maneira … estamos em plena guerra da sobrevivência, certo?
  • NOVOS CLIENTES: com eles identificados, que tal ofertar seus produtos/serviços (considere ações de baixo custo e por que não, incluir as empresas vizinhas, já identificadas acima?) em forma de delivery? Ponha a criatividade para trabalhar a seu favor.
  • SEUS REJEITOS: trate de identificá-los. Todos. Para cada um deles, qual é a quantidade por dia ou semana. Pesquise se podem ser vendidos ou doados. Será que seus novos vizinhos acima fazem uso? Estamos em um novo momento. Aproveite para encontrar formas de descarte, que não produzam mais lixo ao meio ambiente.

Espero que possa tirar novas ideias e, o mais importante, colocar em prática. Quando? Ontem de manhã…

Iniciamos uma nova era. Isso indica que precisamos, queira ou não, doa a quem doer, de novas atitudes, syn!

Se precisar de sugestões e debater alguma ideia ou dúvida e for micro-empreendedor, micro-empresa ou média empresa, entre em contato. O momento é delicado e cheio de novidades inesperadas. Conte comigo.

Se sua dúvida ou necessidade for de rápida solução, lhe passarei de imediato. Se precisar me aprofundar e incluir mais análises, conversaremos sobre formas de lhe atender, com a melhor relação Custo X Benefício para ambos.

Meu sucesso depende de seu sucesso. Avante sempre, syn!

Para conhecer meu trabalho, acesse:

https://fatorsyn.com.br/henrique-v-mader/

#fatorsyn! #motivasyn! #educasyn! #combosyn! #mentoria #ensino #shineyournature

(*) OPERACIONAL: aqui considerado conter os setores de PRODUÇÃO/MANUFATURA, ALMOXARIFADO, COMPRAS, LOGÍSTICA.

Avatar

1 responses on "#covid19 Como o operacional pode colaborar ativamente em ambiente entrópico"

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto executado por Carolina Figueiredo Marketing Digital ©. Todos os direitos reservados.
Scroll Up