O cenário atual e a necessidade de uma visão sistêmica

Vivemos a maior mudança de cenário da existência humana, nada comparado com a primeira revolução industrial. Considerando que esta foi a causadora dos dois maiores conflitos bélicos que já vivemos (a primeira e a segunda grande guerra).

Sim, estamos a 19 anos vivendo a quarta revolução industrial. Uma revolução diferente, que anuncia a fusão de tecnologias e a interação entre os domínios físicos, digitais e biológicos é anunciada. Uma revolução que se difere das outras, pois traz com ela velocidade, amplitude e profundidade anunciada por Klaus Schawb em 2016.

Incorporada a esta, deste junho de 2007 temos o smartphone, lançado pela Apple, como um equipamento para uma elite, que por conta de uma tremenda concorrência, se populariza e se torna o dispositivo mais viciante, mais até que o cigarro na década de 70, que já conhecemos. Hoje no Brasil, já são mais de 230 milhões de aparelhos, conforme recente pesquisa realizada por Meirelles através da Fundação Getúlio Vargas.

A conectividade, a vida nas redes sociais, o acesso à informação, o micropoder divulgado em obra do mesmo título de Javier Cremades, mudam radicalmente o cliente, na verdade mudamos todos, somos já, como afirma Marcelo Gleiser, uma espécie de ciborgue, pois dependemos de um dispositivo, de um equipamento. Nunca a tecnologia esteve tão presente em nosso cotidiano.

Vícios, intoxicação digital, analfanautas (aqueles que navegam, se virtualizam, mas tem um conhecimento muito raso de tudo!), já são alguns dos efeitos colaterais.

O fim o livre arbítrio, grande sonho do marketing digital, se aproxima do êxito.

É claro que as grandes corporações já perceberam esta mudança e estão tomando decisões para entender e atender este novo perfil de cliente.

Aqui mais do que nunca, existe a necessidade de uma visão sistêmica, olhar o todo, tirar o foco do problema, para irmos a causa destes. O cenário requer cuidado nos investimentos, pois temos uma grande quantidade de variáveis incontroláveis ao nosso redor.

Planejamento, colaboração, participação, palavras de ordem, que nos remetem mais uma vez a necessidade de ver, compreender e interpretar o todo.

De entender o sistema empresa ou a empresa como um sistema, inserida em sistemas cada vez maiores e mais complexos.

A FatorSyn! estuda e propõe, através dos seus mentores e instrutores, soluções adequadas para o enfrentamento deste cenário. Nunca foi tão necessária esta ação, para que se possa sair na frente do seu concorrente, enxergar o todo e todos.

Neste momento, conte com nossa ajuda e expertise. Nossa experiência e visão de futuro colocará sua empresa a frente de outras, sendo vista e entendida como um Sistema Empresa.

Entre em contato e agende uma reunião de abertura.

Para conhecer mais sobre minhas mentorias, cursos e publicações acesse

Marcus V. B. de Souza

Para conhecer e baixar nosso PORTFÓLIO 2020 FatorSyn! acesse

https://fatorsyn.com.br/wp-content/uploads/2019/11/FatorSyn-apresentacao.pdf

Marcus Vinicius Branco de Souza

0 responses on "O cenário atual e a necessidade de uma visão sistêmica"

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto executado por Carolina Figueiredo Marketing Digital ©. Todos os direitos reservados.
Scroll Up